Edição 6 da Revista da Reputação fala sobre a montanha russa da reputação

 

Sexta edição da Revista da Reputação reforça a máxima de Warren Buffett de que são necessários vinte anos para construir uma reputação e apenas cinco minutos para destruí-la.

 

O ano de 2017 começou com a prisão preventiva de Eike Batista, fato que inevitavelmente levou à discussão sobre o modo de fazer negócios no Brasil. O empresário que poucos anos atrás era símbolo do Brasil que dá certo foi levado a uma cela comum no Rio de Janeiro, no mesmo presídio onde se encontra o ex-governador do Estado, Sérgio Cabral.

 

Como em uma montanha-russa, o que sobrava da reputação de Eike após a queda de seu império despencou. Ainda assim, fãs lamentaram a sua prisão e relembraram seus feitos positivos nas redes sociais, mostrando que a realidade dos fatos tem múltiplas facetas e que lastro reputacional não se dilui na lama tão rapidamente.

 

Além de Eike, esta sexta edição traz uma entrevista com Paulo Henrique Soares, diretor de comunicação do Ibram, que pretende levar os leitores a refletir sobre o significado que a mineração tem entre os brasileiros, apresentando outras dimensões da atividade mineradora, como a presença dos minerais no cotidiano das pessoas.

 

Nos artigos inéditos, temos opções para todos os gostos. Rafael Jaen Williamson traça o paralelo entre reputação e saúde. Márcia Cavallieri analisa a interseção entre reputação pessoal e reputação profissional. Monique Cardoso desbobra a apresentação que fez no10º Congresso de Comunicação Empresarial Aberje Rio sobre cultura e propósito para engajar os empregados e enfrentar a instabilidade. E a professora Ana Lúcia de Alcântara Oshiro pergunta: qual o lugar da reputação?

 

A Revista da Reputação está no ar.

Deixo aqui o meu muito obrigada a todos que contribuíram para esta edição.

 

CLIQUE AQUI PARA TER ACESSO À SEXTA EDIÇÃO DA REVISTA DA REPUTAÇÃO EM PDF. 

 

Boa leitura!

Tatiana Maia Lins

Editora da Revista da Reputação

 

 

Please reload

© DNA Criativo