Você sabe o que faz o seu funcionário sorrir?

10/10/2016

Funcionários engajados e felizes tem um melhor desempenho. Isso é o que diz o senso comum, certo? Este é um conceito apoiado por vastas áreas de evidências empíricas que sugerem que sentimentos negativos, tais como ansiedade ou tédio, inibem a tomada de decisões e destroem a produtividade. Por outro lado, sentimentos positivos, como felicidade e realização incentivam a colaboração e facilitam a criatividade.


Mas o quão confiante você está de que a sua proposta de valor para o seu empregado - a combinação oferecida pela sua organização de incentivos, oportunidades de desenvolvimento e experiência de trabalho - é valorizada pelos seus funcionários atuais e pelos potenciais novos empregados e os motiva a trabalhar no seu melhor?


Pesquisas de engajamento e entrevistas individuais podem fornecer um grau de conhecimento sobre como os empregados se sentem em trabalhar para a sua organização e sobre a sua motivação. Mas estes métodos convencionais estão longe de serem perfeitos. Com entrevistas, as pessoas podem se sentir relutantes em dizer o que realmente pensam, preferindo dizer o que eles pensam que deveriam dizer. Com pesquisas, as pessoas só podem dar respostas às perguntas que são feitas, então o resultado pode ser uma imagem incompleta ou até mesmo distorcida de atitudes e opiniões.


Então, como você pode descobrir o que as pessoas realmente acham da proposta de valor do empregado da sua organização? Como você pode entrar na cabeça e no coração de empregados atuais e potenciais para construir uma força de trabalho engajada e produtiva?


A internet pode oferecer uma enorme fonte de insights sobre o que os funcionários pensam e como se sentem. A análise de especialistas sobre os sentimentos dos funcionários nas plataformas sociais mostra como a sua empresa é percebida e o quanto a sua proposta de valor é realmente valorizada por eles. Deste modo, é possível criar um perfil que atrai as pessoas que você quer a partir de uma base muito mais firme para impulsionar o engajamento e a produtividade. Mas, para garantir o direito à privacidade, é preciso que a análise leve em consideração apenas temas e não respostas individuais. 


Salário não é o mais importante
Recentemente, usamos a nossa ferramenta Employee Brand Tracker para comparar as duas lojas de café das cadeias Costa e Starbucks. Comparamos o sentimento do que cada um oferece ao empregado versus o que os funcionários falam a respeito. Comparamos as taxas de procura por emprego das pessoas nestas lojas ao longo do tempo. Analisamos o sentimento dos empregados por região geográfica, em relação aos locais de trabalho e comparamos as duas cadeias. 


Apesar de os salários em Costa serem percebidos como inferiores aos do Starbucks, a organização é considerada um lugar melhor para trabalhar, por ter uma melhor gestão e, em geral, ser considerada uma boa empresa. Na Costa, gestores priorizam salários e bônus, enquanto os baristas foram levados à empresa mais pela satisfação de servir clientes felizes e pelas oportunidades de aprendizagem. E as pessoas que se candidatam a empregos nos dois cafés classificaram Costa como um possível melhor empregador do que Starbucks. 


Quanto melhor compreender a reputação da sua organização como um empregador, em melhor posição você estará para construir uma proposta de valor para o empregado, pois você terá mapeado diretamente o que é prioridade para as pessoas que você quer recrutar e reter.


Ter uma compreensão exata e em profundidade do que é valor para diferentes grupos de funcionários fará com que você possa investir em uma proposta que realmente funciona para motivá-los. Com uma proposta de valor perfeitamente calibrada - construída em torno do que o talento quer, não o que você acha que ele quer - você estará bem posicionado para colher os frutos de uma força de trabalho feliz e engajada. 

 

* Rachel Griffiths é Sócia e Co-fundadora da Reputation Consultancy, UK.

Texto originalmente publicado pelo blog da Reputation Consultancy. www.reputationconsultancy.co.uk

Please reload

© DNA Criativo