• Revista da Reputação

Reputação em 2020

Os professores Cees Van Riel e Marijke Baumann identificaram, por meio de focus group com executivos e estudantes de comunicação, dez tendências que nortearão a gestão da reputação em 2020. Co -fundador e vice-presidente do Reputation Institute , Van Riel também é professor de Comunicação Empresarial na Escola de Negócios da Universidade Erasmus de Roterdam. Baumann, por sua vez, é chefe de Pesquisa Aplicada também na Erasmus.

01 Saiba “quem você é” e se atenha a seus valores Autenticidade vem de dentro da empresa, não pode ser criada artificialmente. As empresas precisam desenvolver narrativas autênticas, baseadas em seus propósitos.

02 A revolução BIG DATA trará consequências Em 2020, os algoritmos, analisando reputação e bancos de dados financeiros, irão prever quando e como movimentos na reputação vão impactar o desempenho financeiro. Isto aumentará a importância da gestão da reputação e também elevará a importância dos profissionais de comunicação. É bom se preparar para este momento.

03 A reputação será liderada pelo CCO A pergunta recorrente sobre quem estará a cargo do gerenciamento de reputação ainda apareceu no focus group. Mas a conclusão foi de que a reputação será responsabilidade final do CEO, idealmente dividida entre todos os C e comandada pelo CCO, que também deverá ser um bom comunicador.

04 A jornada da Reputação será longa. O gerenciamento de reputação continuará não sendo uma tarefa que você pode marcar como feita ao final de um trimestre. Será uma longa jornada que demandará paciência dos executivos e da organização.

05 Funcionários serão embaixadores de reputação Com a escolha cada vez maior por parte dos funcionários por empregos em empresas alinhadas com seus valores pessoais, ficará mais fácil evocar apoio do público interno.

06 Reputação vai aumentar o valor do negócio Para que a reputação atinja real importância nas empresas, os executivos de comunicação terão que provar que os investimentos trazem resultados mensuráveis e concretos.

07 Mais stakekolders terão mais influência As empresas não vão mais poder se preocupar apenas com os funcionários, reguladores, clientes e acionistas. O grupo dos stakeholders principais aumentará em quantidade e em importância.

08 Mensagens serão cada vez mais personalizadas A comunicação de massa vai ter cada vez menos importância e os anúncios como conhecemos hoje serão menos eficientes. As empresas vão precisar saber onde as conversas sobre suas marcas ocorrem e como entrar nelas.

09 A reputação do setor terá maior impacto As empresas individualmente iniciarão esforços para mudar a reputação do setor em que estão inseridas para ganhar mais apoio e mudar visões estereotipadas.

10 Relevância ajudará as empresas a se destacar

O maior driver de reputação em 2020 será o quanto cada marca conseguirá mostrar a sua relevância social, a razão de ela existir.

Para ter acesso ao relatório completo da pesquisa, em inglês, produzido pelo Reputation Institute, clique aqui.

© DNA Criativo